Receitas

O VINTE E UM

Com a árdua tarefa de criar um coquetel com uma cachaça envelhecida por 10 anos, resolvemos brincar com números e chegamos ao resultado do Vinte e Um. Confiram a nossa receita exclusiva:   por Rodolfo Bob Desenvolver um coquetel sempre parte de algum ponto. Dessa vez, nosso ponto de partida foi brincar com a idade da cachaça e com os números. A receita ficou super interessante para os amantes de coquetéis mais robustos. Escolhemos a cachaça Sapucaia Velha, Reserva da Família, que descansou dez anos em barricas de carvalho e já esteve entre as 20 mais do ranking da revista Playboy. Sigam o raciocínio: cachaça 10 anos, 10 gotas de Zulú Bitters e uma pedra especial de gelo. Entenderam a sutileza? O resultado é um coquetel robusto com ingredientes totalmente artesanais, gelo esculpido a mão, bitter caseiro e uma cachaça para lá de especial.  

PILADINHO

Texto: Laercio Zulú| Inspirado nas batidas baianas, o coquetel leva de café a cupuaçu O Piladinho foi inspirado na textura e aromas das batidas, um estilo de cocktail consumido durante os carnavais da Bahia. Em sua receita vai café, cacau e o cupuaçu (o que é descrito como um cruzamento entre o chocolate e abacaxi), mel de cana de comunidades indígenas de todo o norte da cidade de Abaetetuba e, por último, seu próprio Bitter, o Zulú Bitters. No resultado temos o cítrico e aromas botânicos da Tanqueray No. Ten, que deu o tom.   RECEITA 60ml Tanqueray No. Ten 50ml Cupuaçu e redução de cacau (usando as polpas de frutas) 10ml mel Abaetetuba 2 lances Zulú Bitters Aromatic 20ml Limão Cravo 20g Café torrado   O PREPARO Moer os grãos de café em um pilão e infundir no Tanqueray No. Ten por um minuto. Coe a infusão em uma coqueteleira. Adicione os ingredientes restantes e gelo. Refrigere a mistura usando a técnica throwing e sirva.